Maksutov




Agora construído no Brasil



O Maksutov apresentado aqui é um projeto realizado pelos construtores de telescópios Pedro F. L. Hidalgo e Sebastião Santiago Filho. O projeto foi iniciado em 2015 e após meses de trabalho apresentamos o telescópio Gregory Maksutov de 135 mm,  com a parte óptica (espelho primário e menisco) de fabricação 100% nacional. O Maksutov é um aparelho do tipo catadióptrico,  um telescópio misto que combina a reflexão e a refração. A reflexão ocorre normalmente pelo espelho primário. A refração ocorre quando a luz atravessa o menisco instalado na extremidade superior do tubo. O telescópio possui ainda um "espelho secundário" que é na verdade uma pequena área metalizada na parte central do menisco. Essa área metalizada funciona como um secundário convexo cassegrain  que reflete a luz na direção do espelho primário. O focalizador com a ocular são instalados na parte inferior do tubo do telescópio.


Especificações


- Espelho primário de 135 mm
- Distância focal final 1620 mm
- Razão focal final F/D=12
- Magnitude limite 12.8
- Poder separador 0.9 sec. de arco
- Aumento médio 160 X
- Tubo com comprimento de 450 mm
- Peso do tubo óptico 4 Kg



Acima imagem do tubo óptico Maksutov 135 mm com Dovetail.
Ao lado o aparelho instalado em uma montagem Celestron.



Telescópio Maksutov


A óptica Maksutov surgiu primeiramente como uma óptica de câmera astrográfica com o objetivo de ser uma opção às câmeras Schmidts. Ópticos de todo o mundo tentaram projetar uma câmera similar onde a placa corretora Schmidt fosse substituída por um corretor de fabricação mais simples. No início da década de 1940, pesquisadores em todo o mundo trabalharam no problema e a solução que encontraram foi um corretor, na forma de menisco, com superfícies esféricas. Assim como ocorre na placa corretora Schmidt, o menisco elimina (ou reduz parcialmente) a aberração esférica de um espelho primário, pois produz uma aberração esférica inversa àquela existente no espelho primário. A idéia ocorreu aproximadamente ao mesmo tempo por volta de 1940 com: Maksutov na Rússia, Bouwers na Holanda, com Gabor na Inglaterra e Penning na Alemanha. Como a invenção foi publicada primeiro por MaksutOY a óptica é conhecida hoje como Maksutov.
Em seus trabalhos publicados nos anos quarenta, Maksutov e Bouwers sugeriram que a câmera com menisco (câmera Maksutov) podia ser transformada em um telescópio Cassegrain. Mas isso ocorreu apenas em 1957, quando John Gregory publicou seu projeto de um telescópio catadióptrico com menisco. O telescópio Gregory Maksutov Cassegrain possui um espelho primário com orifício central e o espelho secundário é simplesmente a parte central (metalizada) da face convexa do menisco. Nesse caso o raio de curvatura da face convexa é o mesmo raio de curvatura do secundário Cassegrain. Como no Schmidt Cassegrain, o Gregory Maksutov é compacto, possui o tubo fechado e sem interferência da aranha (suporte do secundário). Nos anos seguintes surgiram outras variações do telescópio Maksutov Cassegrain, mas hoje os telescópios mais usados são o Gregory Maksutov (conhecido apenas como Maksutov) e o Rumak Maksutov.



Telescópio Gregory Maksutov.




Telescópio Rumak Maksutov.


Os esquemas acima mostram o Gregory Maksutov e o Rumak Maksutov  com seu espelho secundário independente (secundário convexo).


Telescópio Maksutov de 135 mm.



Características e vantagens do telescópio Maksutov


É um Maksutov!

 

Óptica top de linha e adotada pelos principais fabricantes de telescópios do mundo. Agora o telescópio Maksutov está disponível no Brasil através do site Telescópios.

Sem Turbulência interna.

 

O menisco deixa o tubo do telescópio todo fechado eliminando totalmente a turbulência de ar interna. O resultado são imagens mais estáveis e nítidas.

Adeus aranha!

 

O menisco elimina as hastes da aranha tornando as imagens mais precisas e sem aqueles raios de luz produzidos principalmente quando observamos as estrelas mais brilhantes.

Grande correção da óptica.

 

Como é uma óptica composta, o casamento do espelho primário com o menisco possibilita uma grande correção do conjunto óptico.

Muito compacto.

 

O Maksutov é um telescópio que possui um espelho primário de pequena razão focal e por isso o aparelho é bem compacto. O telescópio apresentado aqui possui um espelho de 135 mm de diâmetro e razão focal 3.7 (distância focal de 500 mm). Apesar dessa pequena distância focal o telescópio possui uma distância focal final bem maior, pois o secundário multiplica em algumas vezes a distância focal do espelho primário. O secundário possui um fator de multiplicação 3.2 e dessa forma ele multiplica em mais de 3X a distância focal do espelho principal. Assim o foco final resultante é 1620 mm (razão focal final 12). Enquanto um Newtoniano de razão focal 12 possui um tubo com comprimento em torno de 1600 mm, o Maksutov de mesmo diâmetro (e mesma razão focal final) possui um tubo com cerca de 450 mm e o comprimento total do telescópio (com o focalizador) é em torno de 560 mm.


Esquema comparando o Maksutov com um Newtoniano. Ambos os telescópios apresentam a mesma razão focal (F/D=12).
O telescópio Maksutov é praticamente 3X menor!



Testes na óptica do Maksutov



Testes do conjunto óptico e menisco Maksutov com o centro da face convexa metalizada.


Para finalizar o telescópio é preciso montar toda a óptica em um tubo e alinhar muito bem todos os componentes. O teste é realizado apontando o telescópio para uma estrela (ou outra fonte de luz semelhante) e no lugar da ocular colocamos uma rede de difração. As duas imagens, à partir do lado esquerdo, mostram o conjunto óptico com as linhas bem retas, indicando que o conjunto óptico possui grande precisão. Os testes foram realizados usando uma rede de difração com 100 linhas por polegada (cerca de 4 linhas por milímetro) e temperatura do ambiente em torno de 25 graus Celsius. A foto à direita mostra o menisco com a parte central (da face convexa) metalizada.


Telescópios - Site do construtor de telescópios Sebastião Santiago Filho

Contato: telescopios@outlook.com

Início

Telescópios

Óptica

Componentes

Astronomia

Telescópios - 2018 - São Paulo/SP - Brasil

Telescópios Refletores e Catadióptricos